Meu aniversario

Hoje é meu aniversário.
Um dia normal, como outro qualquer, mas diferente …..porque amigos queridos me dizem palavras carinhosas de amor sincero e de amizade leal.
Os sorrisos chegam em maior quantidade , os abraços me tocam de modo mais emocionante e os apertos de mão são mais demorados.
Meu coração se alegra.
Então penso ….. ‘ É tão bom tudo isso ! ‘
Faz um bem enorme ter estes momentos de alegria em amizade e amor, no meio de tanto trabalho, tanta luta, tanta correria do dia a dia.
Este ano, particularmente, começou bem difícil.
Em janeiro minha mãe levou uma queda e se machucou feio. Teve que operar o braço. Logo em seguida, em fevereiro, meu pai faleceu. Três meses depois meu filho, Filipe, caiu enfermo e era bem grave. Temi pela vida dele. E como se não bastasse , eu mesma passei três semanas acamada, logo em seguida.
Tanta luta ….!
Mas o que importa é que estou de pé e vitoriosa.
Sei que mais lutas virão, mas nem ligo ….conheço o Deus a quem sirvo e sei que ELE é sempre vitorioso em todas as batalhas. O Senhor luta a minha guerra por mim, então eu fico em paz e sigo confiante.
Agradeço a cada um que ora por mim todos os dias. Esta é a maior prova de amor que vocês podem me oferecer e o melhor presente que poderiam me dar. Não tenho palavras para agradecer mas peço a Deus que guarde e proteja cada um de vocês.

A vida é linda ! Viver é precioso !

Então eu digo hoje, no dia do meu aniversário ….. Mais um ano para agradecer a Deus. Obrigada por tudo, Senhor !

image

Publicado em Léia Miranda | 34 Comentários

Oração em depósito

Há certas fases na vida da gente em que ondas imensas de lutas terríveis se levantam para nos derrubar.

Eu já estou acostumada com lutas e percebo quando uma onda vem mais forte, porque envolve BATALHA FISICA, EMOCIONAL e ESPIRITUAL.

Nesses momentos, as orações brotam dos nossos corações a todo momento e qualquer instante é uma oportunidade de orar. Mas a dor é tão grande que as palavras não saem.

Na semana passada, quando eu estava voltando de São Paulo para minha casa no Rio de Janeiro, tive o privilégio de me sentar sozinha em uma das fileiras do avião pois todos os assentos daquela fila estavam desocupados.

Sempre tenho algo pra ler durante as viagens e nesse dia, assim que peguei o livro para ler, senti vontade de orar. Deixei o livro de lado, voltei meu rosto pra janela do avião e comecei a conversar com Deus.

No decorrer de todo o vôo, eu vim orando, conversando com ELE. Foram 40 minutos de uma comunhão tão íntima com o Senhor, através do Espírito Santo, que lágrimas escorriam pelo meu rosto e eu nem me incomodava em enxuga – las. Não havia ninguém pra ficar me olhando com curiosidade. Eu estava sozinha naquela fileira de assentos.

Então orei, chorei, me alegrei, glorifiquei baixinho o nome do Senhor.

Quando o avião aterrissou, eu parecia voar ainda ….. meus pés flutuavam acima do chão. Senti a presença do Senhor durante o restante daquele dia e ainda nos dias seguintes, de modo mais intenso que o normal.

Logo depois , meu filho Filipe ficou gravemente enfermo e dois dias depois, eu mesma estava de cama, além de outras lutas que vieram junto nessa batalha.

Então, me lembrei de algo que minha avó Anália* sempre dizia ….. “Precisamos ter oração em depósito, pra quando chegar a luta. Porque as vezes, durante a batalha, não conseguimos orar como convém.”

Eu soube naquele momento da batalha, o porquê de ter sentido que Deus havia me despertado para a oração dentro daquele avião no vôo de volta para a minha casa. Porque ELE sabia que dali a alguns dias o inimigo iria se levantar com fúria contra meu lar, envolvendo meus filhos e a mim numa situação de enfermidade e discórdia.

Mas graças a Deus por tudo , pois o Senhor está comigo nessa batalha e as minhas orações estão em depósito.

image

Tomem isso como exemplo e uma lição a ser aprendida ….. Orem bastante enquanto o mar está calmo, porque vindo a tempestade , vocês terão oração em depósito diante de Deus.

Não deixem para orar somente quando a luta chegar porque nem sempre vocês terão forças para isso. Então, se fortifiquem agora para o momento da batalha.

Tenham oração em depósito.

( * ANÁLIA foi a mãe do meu saudoso paizinho , missionário David Miranda )

Publicado em Léia Miranda | 30 Comentários

Horario de visitas

Limpando a agenda de contatos do meu celular dia desses atrás, deparei com o numero de telefone do meu pai.

Cliquei em excluir …..e chorei.

Doeu ter que fazer isso!
A saudade voltou com força total.

Tantas lembranças …!

Quase consegui ouvir a voz dele quando me ligava ou quando eu ligava pra ele e perguntava :

image

‘Tudo bem, pai?’ e ele respondia: “Melhor agora, falando com a minha Leléca.”

Oh, Deus!

Deveria haver horário de visitas no céu …..snif …..ia ser tão bom …!

A gente chegaria lá, veria as pessoas que já partiram e que continuamos amando. Passaríamos horas com eles, depois a gente voltava pra ficar com os que ainda estão vivos aqui e que amamos também.

Não ia ser perfeito?

Mas eu não deixaria minha mãe ir visitar meu pai lá no céu, não …..vai que ela não quisesse mais voltar?
Não! Minha mãezinha estaria proibida de ir visitar meu pai lá no céu …..rs

Aaahh, se houvesse horário de visitas no céu …!

Eu não iria mais chorar de saudade dos meus entes queridos que já morreram, eu iria aproveitar pra conhecer Moisés e tantos outros valentes de Deus, conversar com as santas mulheres do passado que a Bíblia Sagrada relata que marcaram a historia e também iria beijar meus filhinhos que nem chegaram a nascer …..snif

Mas não podemos , né …..snif …..somos mortais no corpo, imperfeitos na matéria física, se fôssemos lá assim como estamos no corpo mortal, acabariamos contaminando o céu.

E lá só entra quem foi remido e lavado no sangue do cordeiro que não ama o mundo nem o que há no mundo. Que serve a Deus com todo amor da alma, da mente e do coração.

Já que não posso ir visitar meu paizinho lá no céu para matar a saudade imensa que sinto dele, vou caminhando com Cristo, procurando atingir a estatura completa de Jesus.

Amando a Deus, fazendo o bem e santificando minha vida …..um dia eu verei meu paizinho e todos os demais que almejo ver.

Mas quando eu chegar lá, o primeiro que vou querer ver , será o meu amado Pai Celestial …..o meu Deus.

Isso conforta meu coração. Saber que um dia eu também estarei lá pra não voltar nuunca maaais

Oro pra que Deus salve meus filhos e todos os meus familiares, porque vou querer todos lá no céu comigo.

Enquanto me preparo aqui, vocês vão se preparando aí pra gente poder se ver lá no céu. Combinado?

Quem chegar lá primeiro, já deixa avisado que os outros estão indo também …..rs …..logo logo a gente chega.

Espera, pai ! Tô chegando !

Enquanto não sou chamada para ir pra lá, vou me lembrando de tudo que meu pai me ensinou …..os bons costumes, a generosidade, o amor para com as almas que perecem, o temor a Deus, a alegria em servir ao Senhor, o cuidado com os filhos e a proteção no dia a dia …..mas principalmente , vou colocando em pratica algo que ele fazia tão bem e fazia de maneira constante …..orar.

Enquanto espero pelo grande dia do Senhor, vou orando e seguindo …..seguindo e orando.

Quero ser igual ao meu pai …..ter momentos constantes de contato com Deus em oração. Isso ele me ensinou pelo exemplo …..isso eu aprendi por amor : amor a Deus e ao meu pai.

Eu queria que houvesse horário de visitas no céu …..como não tem, fico aqui, imitando meu pai e tentando fazer o que ele sempre fez …..assim, quem sabe, consigo diminuir a saudade e sentir um pouco menos, a falta que ele me faz.

Amarei eternamente meu paizinho caminheiro …!

Publicado em Léia Miranda | 43 Comentários

Não sou, mas devia

Outro dia li uma frase que dizia: “Eu não sou os outros”

Num primeiro momento ate achei interessante e bonita ….. me lembrei da minha mãe me dando bronca quando eu pedia pra ir a algum lugar e dizia : ‘Deixa, mãe … todo mundo vai ‘ e ela respondia : ” Você não é todo mundo”  …..rs ….. tadinha de mim, ficava só na vontade.

Pois bem, quando vi essa frase, achei que ate merecia ser compartilhada e salvei no meu celular pra postar no meu Facebook mais tarde. Porem, a cada vez que eu lia aquela frase, algo me dizia que alguma coisa estava errada ali. Eu não entendia e lia, lia, lia …..e continuava achando bonita e continuava achando interessante , mas não me convencia totalmente de que deveria compartilhar aquilo.

Semanas se passaram e eu acabei esquecendo a frase. Até que um dia fui limpar o arquivo de documentos no meu celular e lá estava a frase. Assim que bati os olhos nela e li a frase ‘eu não sou os outros’ …..uma voz no meu interior disse: MAS DEVIA SER !

Levei ate um susto.

Imediatamente ficou claro na minha mente o que estava errado naquela frase. Eu não sou os outros, mas devia ser ! Porque somente sendo o outro , me colocando no lugar do outro, eu posso sentir a dor do meu semelhante e compreender o seu pranto, o seu pedido de socorro. Somente me tornando um com o outro em Cristo Jesus, eu posso amar em verdade porque sentirei o que o outro sente e sofrerei o que o outro sofre e compreenderei como o outro vê a situação, o problema, a dificuldade.

desesperoEste é um dos grandes  problemas no mundo atual …..o individualismo. As pessoas lutam tanto e com tão grande afinco para defender cada um sua própria  individualidade que acabam por desenvolver um egoísmo sem tamanho que os torna insensíveis ao clamor das pessoas que sofrem, se tornam surdos ao grito dos que precisam de ajuda, se tornam cegos para com as necessidades dos que estão sendo esmagados pela dor. A dor na alma, a dor fisica , a dor psicológica e ate a dor emocional.

Caminhando assim , para onde iremos ? O que será de cada um de nós ? Cada qual envolvido em seus próprios problemas , julgando ter uma vida mais difícil do que a vida dos outros, achando que tem mais trabalho do que o outro, pensando que precisa lutar mais do que o outro para ser alguem um dia. Supervalorizando a si mesmo.

Ao invés de se abrir para o mundo, se fecha na sua caixinha de vida pobre, miserável, cega e surda. Uma vida que não acrescenta nada, uma vida que tira e não adiciona, uma vida que rouba e não soma.

E assim, cada um em sua caixinha vai seguindo …..sendo cada vez mais diferente de Jesus, cada vez mais diferente do projeto original de Deus para o ser humano.

Que triste !

Somente sendo o outro, se pode modificar completamente esse quadro terrivel de um futuro tenebroso para a humanidade. Somente me colocando no lugar do outro, conseguirei agir como Jesus agiu e conseguirei amar como Deus nos amou e conseguirei compreender o porque das questões e situações na vida das outras pessoas.

Difícil ? Talvez …..mas quem disse que pra chegar ao céu, o caminho seria fácil ?

Eu não sou os outros, mas devia ser.

Pense nisso.

Publicado em Léia Miranda | 23 Comentários

Lembranças

Hoje acordei pensando muito no meu pai …..com muita saudade.

Me lembrei das ultimas vezes que estive com ele antes do seu falecimento.

Minha mãe faz aniversario em dezembro e no final de 2014 resolvemos reunir filhos, genro, nora e netos pra comemorar. Havia já uns dois ou três anos que a gente não conseguia reunir todo mundo. Mas eu comecei a organizar com antecedência e saí telefonando e mandando mensagem pra todo mundo. Fiz a intimação de presença sem aceitar recusas …rs

E agora percebo que foi ótimo isso ter acontecido, porque foi um momento de muita alegria, com muitos mimos e risadas.

Fiz uma surpresa extra para minha mãe e dei um presente pequenininho embalado em uma caixa gigantesca. Ela abriu a primeira caixa, tinha a segunda. Abriu a segunda caixa, tinha a terceira. Abriu a terceira, tinha a quarta e assim por diante. Foram umas 15 ou 18 caixas uma dentro da outra ate chegar ao presentinho minúsculo.

Meu pai, que nunca tinha visto esse tipo de brincadeira, riu muito. Riu de chorar. A cada nova caixa que minha mãe abria, meu pai gargalhava. E a risada do meu pai sempre foi silenciosa. Do tipo …..você só sabia que ele estava rindo se olhasse pra ele. O corpo sacudindo todo , a boca mostrando todos os dentes e a lagrima caindo ……rindo de chorar.

Ah, como foi bom ter proporcionado esse momento a ele …! Um homem sempre tão ocupado, tão preocupado com a igreja, quase não tinha tempo nem pra rir, que dirá pra chorar de rir. Então, nisso fico feliz …..porque fui a ‘culpada’ por esse momento de alegria pra ele.

Em janeiro eu tornei a ver meu pai, num momento de pouca alegria , porem , de paz e tranquilidade. Ele comeu o meu prato de comida, porque eu não quis e ele estava com fome, tadinho, já passava das 19 horas. Ofereci meu prato a ele com todo amor e ele aceitou. Fiquei conversando com ele e com minha mãe enquanto eles jantavam. Até que chegou o momento de ir pro aeroporto. Eu moro no Rio de Janeiro e eles, em São Paulo. Então, não tínhamos um contato pessoal diário, mas sempre nos falávamos por telefone e quando eu estava perto dele , aproveitava ao maximo cada instante.

E agora que só as lembranças ficaram, eu sigo em paz, na certeza de que mesmo não sendo a filha perfeita, fui aquela que trouxe o riso a ele muitas e muitas vezes …..isso alegra meu coração.

image

Publicado em Léia Miranda | 80 Comentários

Ame a mulher para mudar o mundo

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, fizeram uma grande greve.
Elas queriam trabalhar 10 horas por dia e nao 16 horas como era exigido. Tambem queriam ganhar o mesmo salario que os homens ganhavam, porque executavam o mesmo tipo de trabalho que eles. E pediam um tratamento digno no ambiente de trabalho;
Ao inves de atenderem ao pedido delas, os donos e a direçao da tecelagem trancaram todas as portas do local e colocaram fogo na fabrica. Um incendio imenso alastrou – se rapidamente e mais ou menos umas 130 mulheres que trabalhavam ali, morreram queimadas.
Foi um ato totalmente desumano que chocou o mundo.
Passados alguns anos, foi instituida então essa data como o Dia Internacional da Mulher. Nao apenas para comemorar e se alegrar , mas tambem para tomar consciencia do quanto as mulheres ainda sofrem nos dias atuais com o mesmo tipo de desigualdade que era praticada naquela epoca e o quanto elas ainda são vistas como objeto e nao como um ser humano digno tanto quanto os homens o são.

As mudanças devem começar pelos filhos de Deus. Nós, como figuras de Deus na terra, devemos dar o exemplo e não pensar igual os impios pensam, nao enxergar a mulher como os impios enxergam. A mulher náo é inferior ao homem, ela nao eh um objeto sem vontade propria. Ela não eh um ser burro e incapaz.

A mulher é criatura de Deus.
A mulher cristã é filha amada do Pai.

Muitas se desdobram para dar o conforto emocional e fisico que os maridos e os filhos precisam no dia a dia. Algumas se esquecem de si mesmas para se devotarem à familia.

O proprio Deus quis demonstrar o valor da mulher, escolhendo uma delas para ser a mãe de Jesus. Com o poder que ELE tem, claro que ELE poderia fazer Jesus aparecer assim do nada, já adulto, caminhando à beira do mar da Galiléia ou qualquer coisa do tipo. Mas ELE preferiu olhar para uma filha amada e dizer atraves do anjo que enviou a ela : “Salve agraciada, o Senhor é contigo. Nao temas, porque achaste graça diante de Deus.”

E sabemos como essa historia se deu.

Portanto, voce filho, marido, pai, tio, irmão ou primo ….. toda vez que voce olhar para uma mulher, lembre-se do quanto Deus a ama e ame – a voce tambem. Seja imitador de Cristo, ame em verdade e profundidade. Ame sem impor condiçoes. Nao exija nada para ama – la, simplesmente ame. Não espere algo acontecer para dizer o quanto a ama, diga quando tiver vontade, sem acanhamento, sem receio de parecer ridiculo. As mulheres gostam de ouvir o quanto são amadas. Diga todos os dias, diga sempre que voce quiser. E o principal ….. deixe que outros percebam o quanto voce ama aquela mulher, seja ela sua mãe, sua irmã, sua esposa, sua prima, sua tia ou sua filha …. deixe que notem, deixe que as pessoas vejam o seu amor por elas. Assim, todos terão receio de ofende – la ou magoa – la, pois saberão que estarão ofendendo e ferindo voce se fizerem algum mal contra elas. E por temor ou por receio, nao importa ….. o fato é que os outros passarão a ter respeito por elas, somente por ver o quanto voce as ama.

E se todos notarem o quanto as mulheres sao amadas pelo seus maridos ou por seus pais, por seus filhos ou seus tios e primos ….. entao todos as amarão tambem. É certo que se todas as mulheres forem amadas, nao haverá mais preconceitos contra elas, nem violencia contra tantas delas. Nao haverá mais descriminação contra as mulheres e tudo será bem diferente de como tem sido ate hoje.

As mulheres serão respeitadas e queridas ….. simplesmente porque seus maridos e pais, seus filhos e tios ou primos amaram cada uma delas e nao se envergonharam de demonstrar isso.

Eh desse modo que se muda um país, um habito, um costume, uma tradiçao ….. amando.

Maridos, amem suas esposas. Pais, amem suas filhas. Filhos, amem suas mães. Homens, amem as mulheres ….. amem com respeito, amem com pureza e sinceridade. Nao esperem a violencia atingir uma mulher proxima a voce, para só entao agir. Ame – a e voce estara impedindo que a violencia atinja a mulher que voce tem junto a si. E desse modo voce estara valorizando a mulher tanto quanto Deus a valoriza ….. e desse modo voce estará alegrando o coraçao de Deus, um Pai amoroso que olha para suas filhas e diz a cada uma delas: ‘Achaste graça diante do Senhor’.

mulher

Publicado em Léia Miranda | 21 Comentários

Maldição? Balela!

Há pessoas que trazem na mente um momento ou uma situação vivida que não permite que levem a vida de modo tranquilo e em paz. Estas pessoas se prendem a uma palavra dita de modo errado, ou então se prendem a um momento que marcou suas vidas e que não lhes sai da cabeça, e com isso tentam justificar o atual momento que estão vivendo.

Eu explico: tenho um amigo muito próximo que hoje em dia está preso, acusado de porte e consumo de drogas. Ele já me escreveu algumas vezes e em suas cartas ele sempre diz que tem certeza que a vida dele foi para esse rumo depois que ‘aquela mulher’ fez aquele gesto de maldição na direção dele ‘naquele dia’.

Vou contar a historia ….. estávamos indo para um culto em uma igreja. No carro iam tres pessoas e por não conhecer o caminho, acabamos nos perdendo. Em dado momento, esse meu amigo que estava dirigindo, entrou em uma rua na contra mão e havia uma mulher atravessando a rua naquele momento bem perto da esquina. Ele quase a atropelou. Isto só não aconteceu porque ele estava em baixa velocidade, graças a Deus. Mas aquela mulher, irritada pelo susto que levou, estendeu a mão em direção ao carro onde estávamos e dizendo umas palavras que não pudemos ouvir, fez sinais de que estava mandando algo de ruim para nós. Ela ficou parada no meio da rua, em frente ao carro e disse duas ou tres frases com palavras de maldição. Ao final ela estalou os dedos e bateu palmas duas vezes. O tempo todo em que ela fazia isso, seu olhar era feroz e deixava transparecer todo o ódio que sentia naquele momento. Ficamos parados, olhando para ela, em silencio. Eu não consegui dizer nada, porque estava aturdida com o que via. Eu nunca, em toda a minha vida, tinha visto algo assim. Não sei porque as outras pessoas que estavam no carro, não diziam nada, mas eu não conseguia dizer palavra, por causa do meu estado de assombro com a atitude dela. Quando ela terminou a ‘mandinga’ toda, se virou e foi embora. Esse meu amigo que estava dirigindo, se virou para trás, olhou pra mim, sorriu sem vontade e falou: “Vixi, amaldiçoou nós.” O olhar dele era de medo e espanto. Eu apenas ri e balancei a cabeça negativamente. A outra pessoa que estava junto conosco, gritou, colocando a cabeça pra fora do carro: “Sai pra lá, satanás!” Demos ré e fomos embora. Chegamos ao culto e aquilo nunca mais voltou à minha memoria ….. até o dia em que recebi a primeira carta desse meu amigo que está na prisão.

Na carta, ele dizia que desde aquele dia a vida dele começou a andar para trás e nunca mais conseguiu ser o mesmo. Tudo que ele fez, deu errado e as coisas seguiram de tal modo que ele acabou preso.

Respondi a ele, dizendo que o mal não tem poder sobre a vida daquele que teme ao Senhor e anda no Seu Caminho. E fiz este meu amigo perceber que o resultado que ele tinha alcançado agora ( preso ) não era pela maldição que aquela mulher lançara sobre a gente, mas que era devido às escolhas que ele mesmo fizera. Era devido ao caminho que ele escolhera andar e às companhias que ele tinha chamado para si mesmo. Coloquei-me como exemplo e tentei mostrar a ele que se fosse assim, se realmente aquela maldição houvesse tido sucesso sobre nós, eu tambem estaria com a vida em verdadeira desgraça e sabe Deus onde eu poderia estar a uma hora dessas. No entanto, me encontro super bem, minha vida está otima e a cada dia, desde que aquela ‘mandinga’ foi feita, eu só tenho tido bençãos do Senhor sobre minha vida e tudo que mais vejo são livramentos de Deus para mim, todos os dias. Sigo me sentindo bem guardada e protegida por Deus. Meu amigo ainda tentou argumentar dizendo que a outra pessoa que estava com a gente no carro tambem se desgraçou e estava de um modo assim tipo, quase em petição de miseria. Respondi citando exemplos do que aquela outra pessoa também havia escolhido em caminhos errados e como tinha procurado situações desagradaveis a Deus. Que aquela outra pessoa tinha enveredado por um caminho que o levara cada dia pra mais longe do Caminho da Salvação. Enfim, trocamos varias cartas falando sobre esse assunto e desde então eu tenho orado muito por este meu amigo, para que Deus abra os olhos dele e o faça ver que nenhuma condenação há para quem está em Cristo Jesus.

De igual modo, há muita gente vivendo o mesmo dilema, hoje em dia. Porque seu pai ou sua mãe, um dia disseram sem pensar: ‘Você não presta! Você nunca vai ser nada nessa vida!’ Ou então, porque antes de conhecerem a Cristo, estas pessoas andavam envolvidas com bruxarias ou feitiçarias, trabalhavam com atos de maldição a outros, executavam atos de macumbaria ou mesmo de morte por meio de maldiçoes e oferendas ao diabo. Ou ainda, pode ser que a pessoa tenha sofrido abuso de algum tipo, durante a infancia e hoje esta pessoa traz dentro de si uma amargura enorme, uma angustia profunda e um odio mortal devido a tudo que lhe aconteceu. Vivendo com toda essa amargura e esse odio, a pessoa não consegue viver bem. Arranja um emprego e não consegue ficar por muito tempo naquela função, acaba sendo mandada embora. Essa pessoa então diz: ‘Eu sabia! Estava bom demais pra ser verdade. Nunca fui feliz na vida. Eu sabia que não ia continuar por muito tempo nesse emprego.’ Ou então a pessoa conhece alguem, se apaixona, começa um relacionamento amoroso e está seguindo feliz quando repentinamente a outra pessoa cai fora do relacionamento. Encerra tudo e ponto final. Esta pessoa que se julga amaldiçoada, vai dizer: ‘Eu já esperava por isso mesmo, eu sabia que não ia dar em nada, esse namoro. Nunca fui feliz com ninguem, desta vez não ia dar certo de novo.’ E assim, de desgraça em desgraça, a pessoa culpa a tal da maldição que um dia a muitos anos foi feita contra a sua vida. Desse modo, de tristeza em trsiteza, a pessoa culpa aquela palavra mal colocada que seus pais lhe disseram um dia. E, de desgosto em desgosto, esta pessoa acaba entrando em depressão e termina por se afundar ainda mais.

Para esses tais que estão tendo uma vida desse tipo, com toda essa carga de culpa sendo jogada sobre os ombros de outras pessoas, com toda essa visão de ‘vitima das circunstancias’, eu digo: A culpa não é dos outros. A culpa não é das situações. E me desculpe, mas sou obrigada a dizer ….. a culpa é sua mesmo. Que escolhe caminhos errados, que opta sempre pelo mais facil, ainda que seja ilegal. A culpa é sua por deixar essas brechas abertas em sua vida, por onde o maligno tem entrado e cirandado a vontade, humilhando você, levando você ao fundo do poço e ao final de tudo, rindo da sua cara. Você age de modo a repelir as pessoas que te amam, com toda essa amargura que você traz dentro de si. Você explode por qualquer coisa e não aceita ordem de ninguém, depois vem dizer que o emprego não deu certo por causa dessa maldição. Você é uma pessoa rancorosa e carrancuda o tempo todo, depois fica dizendo que ninguém gosta de você nem consegue fazer amizades. E termina dizendo: ‘Eu sei que é por causa dessa maldição na minha vida.’ Ou então você sempre diz ao final: ‘Bem que meus pais disseram que eu nunca seria ninguém nessa vida’ Hellow, acorda! A culpa não é deles. A culpa é sua.

Mas tambem posso dizer para estas pessoas: A culpa será sua quando a sua vida começar a mudar. Sim, isso mesmo, a culpa será sua quando tudo começar a dar certo pra você. O unico responsavel por sua alegria e contentamento todos os dias, será você mesmo e mais ninguem.

Como pode ser isso? Eu explico. É muito simples.

Se voltar para Deus.

“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.” (Romanos 8, 1)

“O Senhor resgata a alma dos seus servos, e nenhum dos que nELE confiam será punido.” (Salmos 34, 22)

Mas agora, assim diz o SENHOR que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu.(Isaías 43, 1)

Só há um segredo: Fé.

Tudo está em suas mãos, por meio da sua fé  e depende unica e exclusivamente de você.

Ninguem pode ser responsável por sua felicidade ou por sua tristeza. Ninguem pode ter o poder sobre sua alegria ou seu pranto. Ninguem conseguira te atingir ou matar sua vontade de viver, se você não permitir.

Como? Apegando-se a Deus. Tendo fé nELE e sabendo que ELE sempre fará o melhor.

Dificil ter tanta confiança assim no Senhor? Pode ser, no começo. Mas com o passar do tempo, ficando firme, com seu foco em Cristo, você vai ver que “Nenhum mal te acontecerá, nem praga alguma chegará na tua casa. Porque aos SEUS Anjos, Deus dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.” ( Salmos 91, 10 e 11 )

Quanto mais você se chegar a Deus, quanto mais você tiver contato com o Pai, mais você verá que todas essas maldições e pragas, e palavras tortas ou afrontas, que toda essa angustia e tristeza, todo esse odio e rancor ….. vão ficar cada dia mais longe e mais longe, mais longe e mais longe, até desaparecerem no final do caminho por onde você veio. E quando você olhar para trás não verá mais nada daquilo que por tanto tempo te aprisionou, porque você escolheu ser diferente. Você decidiu que sua vida seria diferente a partir de hoje e ponto final. Você ergueu a cabeça, olhou em frente e seguiu, na certeza de que “ O Senhor anulou a sentença que havia contra você, exterminou o seu inimigo; o Senhor, o Rei de Israel, está com você ; não haverá mais mal algum.” (Sofonias 3, 15)

Lembre-se: seu inimigo não é seu parente, nem seu colega de trabalho. Seu inimigo não é alguem da sua família, nem a pessoa que te amaldiçoou. Seu inimigo é satanás. Lembre-se disso. E contra satanás, há o sangue de Jesus para te proteger, te livrar e te guardar.

Todos os dias, quando você abrir seus olhos ao acordar, diga: Minha vida está coberta pelo sangue de Jesus!

Faça tudo que tiver que fazer naquele dia, pensando sempre: Jesus me lavou do pecado, sobre a minha vida não há maldição, porque Deus tirou todas elas. Eu sou livre pelo sangue de Cristo Jesus!

E dizendo isso, vá …. vá viver a vida. Vá ser feliz. Vá rir com sua familia e com seus amigos. Vá sonhar projetos para o seu futuro, porque Deus estará lá, no seu futuro, esperando por você, do mesmo modo como ELE está hoje, no seu dia presente, seguindo com você onde quer que você vá. Então vá. Vá viver uma vida de filho de Um Rei, vá viver uma vida de princesa, porque seu Pai é Rei. DELE virá, todos os dias, a proteção para a sua vida e não haverá palavra torta ou mal colocada, não haverá seta maligna que te alcançará, não haverá maldição que terá poder sobre você. Tudo está em suas mãos. Viva em paz. Deus está no controle de tudo. Cabe a você acreditar nisso e seguir confiante , ou não acreditar e continuar nesta sua vida cheia de medos e tristezas, culpando a todos por sua situação de miséria emocional e material.

Decida-se pela mudança. Pára de se fazer de vitima! Quem tem Deus como Pai, nunca será vitima das circunstancias.

 

Publicado em Léia Miranda | 13 Comentários