Amor Humano Não Existe

Após muito pensar e viver situações bem difíceis
de desilusões com o ser humano, cheguei a uma conclusão … amor humano não existe.

O ser humano não tem capacidade de amar. Por
si só ele não consegue amar. Mal consegue amar aos proprios familiares, que
dirá ao seu próximo que não é sangue do seu sangue nem nada parecido …!

O amor humano tão fartamente alardeado como
algo que existe entre um homem e uma mulher, não passa de hormônios em ebulição.
Quando nossos hormônios se alteram com elementos químicos do nosso próprio físico
como feromônio por exemplo, nos apaixonamos. Assim que essa alteração química se
desfaz em nosso organismo, a paixão acaba. Se fosse amor não se acabaria,
porque… “O amor jamais acaba.”

Alguem que esteja lendo esse texto pode
argumentar dizendo … mas como se explica então o amor que sinto pelos meus
filhos? Muito simples … não é amor humano. O amor que se sente pelos filhos não
é algo adulterado por uma ebulição hormonal. É amor divino, amor de alma, de
âmago do ser.

Fomos gerados em iniquidade e concebidos em
pecado ( “Eis que em iniquidade fui formado e em pecado me concebeu minha mãe.”
– Salmos 51, 5 ) como poderia portanto termos de nós mesmos algo tão sublime e puro
como o amor divino? Jamais seria possível isso, porque não é possível que dois
corpos (elementos) ocupem o mesmo lugar no espaço ao mesmo tempo ( Lei de
Newton ).

Sabendo disso o que Deus fez? Tratou logo de derramar
em nossos corações, o amor divino. Sim, isso mesmo. O amor que as vezes
sentimos, não é humano … é divino.

Quando amamos ao próximo a ponto de
sacrificar algo por esse alguém, somos motivados não por um amor humano e sim
por um amor divino.

Assim que começamos a conhecer Deus e
procuramos ser iguais a seu filho Jesus, queremos imita-los e assim vamos
praticando os exemplos que eles nos deixaram narrados na Biblia. É assim que o
amor divino vai ocupando lugar cada vez maior em nós até que o espaço para o
pecado e a iniquidade se tornam diminutos a ponto de quase desaparecerem. No
entanto, como somos humanos e não deuses, vamos sempre pender para o lado menos
divino e mais terreno, ou seja, menos amor e mais paixão.

Sendo assim, muito dificilmente existirá amor
real, verdadeiro e sincero entre um homem e uma mulher. O que existe de fato e
vai existir sempre é uma paixão cheia de interesses e sedenta de reciprocidade,
ou seja, na medida que eu receber amor vou retribuir. Quanto menos amor eu
receber, menos amor vou dar. Isso não é amor divino, é amor humano … quer
dizer … paixão.

Agora pode ser ate que haja alguém dizendo
… e o amor platônico ? O amor platônico não é amor, é fascinação. Você ama alguém
por anos e anos a fio sem que a outra pessoa sequer imagine que você esteja
nutrindo algum sentimento por ela. Um belo dia você tem oportunidade de expor
seu amor que foi platônico por tanto tempo e talvez ate consiga conquistar a
simpatia daquela pessoa, seja porque aquela pessoa esta carente ou qualquer
outro motivo semelhante … mas sera que vai durar? Sera que vai ser algo firme
e forte ? Não , não vai. Por que? Porque amor platônico é um distúrbio da paixão.
É um fascínio que pensa ser amor mas na verdade não passa de uma simples atração
desenfreada e sem chances de se tornar amor divino. Jamais sera amor divino que
é o único que perdura.

Muitos já ouviram dizer que paixão não é amor
e estão corretos ao dizerem isso, porque paixão é química, é do corpo, é do cérebro,
é hormonal e amor é da alma, é do coração, é sentimental   …vai além,
não se explica. Ou alguém já conseguiu definir o amor ? Eu nunca li nem ouvi nenhuma
definição convincente a respeito. Paixão se consegue definir porque é algo
humano, mas amor não se pode definir porque não vem de nós, não é nascido de nós
.. vem de Deus.

Existe ainda pelo menos umas duas laudas que
eu poderia transcrever aqui cheias de exemplos do que eu digo, mas o texto se
tornaria um tanto quanto extenuante então termino nesse paragrafo esperando
sinceramente que as pessoas ao se inteirarem dessa verdade, possam ir em busca
do amor divino porque só ele seria capaz de tornar mentira a seguinte frase …
Grandes Ilusões nascem de Grandes Esperanças. Enquanto não buscarmos o amor
divino, essa frase vai permanecer verdadeira e irrefutável, porque na esperança
de sermos amados, nos iludimos e quanto maior a esperança, maior a ilusão. No
final, só resta a dor da desilusão. É isso que a paixão confundida com amor,
faz em nós. Somente o amor divino não se ocupa em seus próprios interesses e ve
o próximo como alguém que merece a honra de ser amado por nós, ou melhor , pelo
amor divino que Deus coloca em nós.

 

Abraço fraterno

 

Anúncios

Sobre Léia Miranda

Filha do Deus Altissimo, irmã dos meus irmãos em Cristo, mãe de muitos na Fé e uma simples mulher
Esse post foi publicado em Léia Miranda. Bookmark o link permanente.

12 respostas para Amor Humano Não Existe

  1. Adriano Maciel disse:

    gostei, o amor realmente verdadeiro só é dado pela graça do espirito santo de Deus em nós.

  2. Gecy disse:

    Amei..lendo o titulo falei como assim ..srsrrs..depois que li perdebi a veracidade de suas belas palavras..um abraço..mimiga

  3. Tiago Mazzini disse:

    E verdade. Venho pensando muito sobre isso nesses dias… Esse texto confirmou meu pensamento

  4. Charles disse:

    Quanto ao texto sempre tive a convicção desta sua posição, o ser humano é egoista por si só, as decepções são grandes, mas ainda podemos contar com o apoio de deus em nossa vida e só isto já nos basta. Saudações em Cristo.

  5. Robson Rubio disse:

    Se os seres humanos não tem capacidade de amar, Jesus não pediria para amarmos uns aos outros e nem amar à Deus acima de todas as coisas, mas sim diria: eu colocarei amor em vocês para que se amem e me amem. Penso que o amor de Deus só pode ser transmitido às pessoas, quando amamos o outro. Seria impossível demonstrar o amor que Deus sente por nós se não nos relacionássemos amorosamente uns com os outros. E isso não depende de Deus, depende de nós. Obviamente que o amor de Deus é o maior exemplo de amor que o ser humano pode ter. É um amor que não espera nada em troca, ou seja, um amor que não impõe condições e que é constante. O mais incrível é que podemos exercitar este amor. Cristo é o maior exemplo disso. Ao se fazer carne (ser humano) mostrou que somos capazes de amar assim como ele nos amou (JO 13:34). Seja no relacionamento conjugal, entre filhos ou entre amigos. Daí a importância de cultivá-lo dia a dia. Amor é sinônimo de liberdade. Podemos praticar o mal a quem quer que seja, pois temos o livre arbítrio. Mas quando amamos, não o fazemos, porque amamos. Não porque somos controlados de alguma forma, seja por lei ou regras, mas simplesmente porque amamos. Este é o verdadeiro amor. Incondicional, sem regras, sem imposições. Como poderíamos amar a Deus se isso não partisse de nós? Se Deus derramasse seu amor em nós para que pudéssemos amá-Lo, isso não seria amor. Seria manipulação e Deus não nos manipula.

  6. ANA CRISTINA SANTOS disse:

    FALOU E DISSE,É ISSO AI CONCORDO!!!

  7. Léia Miranda disse:

    Adorei, Robson ! Concordo em grau e teor.
    Ate pq eu não disse no meu texto q o ser humano não tem capacidade de amar. Porque isso temos, com certeza. O que eu disse eh q O AMOR HUMANO NÃO EXISTE. E não existe mesmo, de fato e em verdade. Se existisse este não seria um dom de Deus e sim um talento inerente ao ser humano. Capacidade de amar temos sim, e muita por sinal. Eh o amor humano que não existe em si mesmo.
    Quando lemos Galatas capitulo 5, onde fala sobre os frutos do Espirito, vemos claramente que o amor não é nosso, eh dom de Deus … “Porque os frutos do Espirito são: AMOR, alegria, paz, longanimidade (paciência), benignidade (ser bom), bondade (fazer o bem), fé, mansidão, temperança.” Nisso eu vejo que somente quem tem o Espirito Santo e frutifica os dons do Espirito Santo tem o amor divino. Ou seja, não eh qualquer pessoa.
    Quando lemos a passagem que fala sobre o amor em I aos Corintios, vemos q não existe amor humano nem nunca haverá … aquele amor ali descrito eh o amor q temos sim capacidade de sentir e de expressar, mas não eh nosso, vem de Deus .. portanto, não eh amor humano.
    Amamos a Deus através desse amor q não eh humano, mas divino porque provem dELE.
    Adorei sua colocação quando disse que Deus não nos manipula. Eu concordo com isso hoje e vou concordar sempre, porque de fato ELE não nos manipula. Se ELE nos manipulasse, ELE colocaria o amor em nós ate mesmo sem pedirmos e seriamos obrigados a viver com esse ‘fardo’ chamado amor mesmo sem querer amar. Quando somos livres para escolher amar ou não, fica evidente que Deus realmente não nos manipula, mas da-nos liberdade de pedir dELE esse dom precioso do amor e coloca-lo em pratica para com quem desejarmos.
    Este nosso Deus é lindo , fala a verdade. Não tem palavra mais adequada para designa-LO do q dizer …. ELE eh Amor !!!
    Obrigada por interagir, Robson …. colocando aqui seu ponto de vista precioso e muito valido. Abraço fraterno, meu querido.
    (Léia Miranda)

  8. Robson Rubio disse:

    Prezada Léia, eu quem agradeço pelo espaço e pela interação. O que me motivou a comentar seu texto foi exatamente o início do segundo parágrafo onde você diz que “o ser humano não tem capacidade de amar”. Essa afirmação, fez com que seu texto ficasse confuso pra mim. No entanto, com seu comentário consegui entender o que você realmente quis dizer. Mais uma vez, obrigado pelo espaço. Ósculos e Amplexos!

  9. Léia Miranda disse:

    desculpa por eu nao ter me expressado de modo claro … mas eh mto bom ter leitores inteligentes como tu, meu amigo … me faz ficar mais atenta a esses detalhes de modo a me expressar cada vez mais claramente a fim de q todos compreendam a mensagem postada. Obrigada por sempre participar e interagir. Amo isso. Osculos e Amplexos no amor de Cristo

  10. Anna Rocha disse:

    Verdadeeee!!!

    Por mtas vezes, tentei obedecer o mandamento “Amar a Deus e amar o próximo…” mas não conseguia, sempre eu “amava” com segundas intenções, quer dizer, esperando algo em troca…fosse de Deus ou do próximo! A medida que eu “amava” mas não tinha o retorno esperado, a raiva e o rancor tomavam conta do meu coração, e a vontade era de não fazer mais nada!

    Foi então q percebí, que “Amar” é um dom divino assim como perdoar, e até mesmo obedecer a Deus!
    Entendí, que jamais demostraria tal afeto de mim mesma, pq não seria genuíno….Somente com a Graça e misericordia do Papai é que eu conseguiria alcançar tal objetivo!
    Sendo assim, pedí esse dom ao Papai e Ele por sua vez, tem me ensinado! :)
    Confesso que não tem sido fácil! Mas esse é o preço a pagar, para ser igual a Cristo!

    Abraços, Anna- http://www.atelieannarocha.wordpress.com

  11. Helena Pereira disse:

    Muito boa e sábia essa reflexão sobre o amor minha irmã ! uma bênção para nossa meditação.

  12. Edna Milanez disse:

    Nossa, isso também nos faz pensar o quanto precisamos de Deus para todas as coisas! Quando leio os suas publicações , parece que consigo enxergar e entender as coisas! Realmente não somos capazes de amar nem a nós mesmos sozinhos, quem dirá o próximo. PURA VERDADE! A paz do senhor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s