Não fariam falta nenhuma

Certa vez uma menina perguntou para a professora na escolinha dominical … por que Deus fez as baratas ? … e a professora, como toda mulher que se preze (tem medo ou nojo de barata) disse … não foi Deus que criou a barata, ela surgiu por causa do pecado … quando me contaram isso, eu chorei de rir. Fiquei imaginando quantos ‘animaizinhos’ surgiram por causa do pecado … barata, lagartixa, rato, sapo, lesma, aranha, rã, minhoca e etc etc etc … já que tudo que eu não gosto ou tenho nojo, surgiu por causa do pecado, vou logo enumerar vários então. E vou acabar dizendo que o jiló, o quiabo, o rabanete, o agrião e alguns outros ‘manjares’ também surgiram por causa do pecado. Quem gosta disso, gente? Com tanta coisa boa que Deus fez, eu que não vou gostar do que ‘surgiu por causa do pecado’. Kkkkkkkkkk

Me lembro de uma certa vez, meus filhos ainda pequenos me pediram para comprar um hamster (aquele ratinho que as pessoas teimam em achar que é lindo). Claro que eu disse um sonoro NÃO! Eles insistiram e eu fiquei firme … NEM PENSAR! Porem, eu tive que viajar e fiquei alguns dias fora; quando eu voltei, meus filhos estavam super estranhos, meio ariscos, não me chamavam no quarto deles e eu comecei a ficar desconfiada daquilo. Perguntei para a moça que tomava conta deles o que eles tinham feito de peraltice enquanto eu estivera viajando e ela disse que não tinham feito nenhuma arte, ate elogiou meus filhos dizendo que eles eram muito educados e se comportavam bem. Ok, não insisti mas fiquei observando as crianças. Pouco tempo depois eu fui ao quarto deles de surpresa e eles não estavam la. Olhei ao redor e saí. Fui procura-los pela casa e perguntei … O que vocês estão me escondendo? … Eles caíram na gargalhada e a Sara disse … Mamãe, você não vai ficar brava? … eu respondi … Depende, o que foi que vocês fizeram? … então ela me pegou pela mão e me levou ate o quarto que dividia com o Paulo. La chegando, abriu a porta do guarda roupa e apontou para uma caixa de madeira grande no chão do armário. De um lado, a caixa tinha uma tela tipo aramado bem fininho gradeado. Eu me aproximei, olhei, dei um grito e saí correndo de la. Quase atropelei o Paulo que estava na porta do quarto e acabei trombando com a parede do corredor. Saí cambaleando que nem uma bêbada e gritando muito. O que tinha naquela caixa? Sim, exatamente! Um hamster! Um não, TRES !!! Que nojooooo. Tenho pavor disso!

Meus filhos vieram atrás de mim gargalhando e pulando, zombando da minha reação a um ‘simples ratinho’. Quem não me conhece, não sabe o tamanho do meu medo de ratos. Tenho verdadeiro pavor. É uma fobia resultante do meu tempo de infância. Quando eu tinha uns 2 ou 3 aninhos, meus pais ainda eram muito muito pobres e nós morávamos no mesmo salão da igreja, nos fundos. Como não havia quartos, meu pai colocara uma cortina para dividir o ambiente e la atrás dormiam ele, minha mãe e o Daniel que era ainda bebezinho. Eu, o David e a Debora dormíamos nos bancos da igreja. Minha mãe forrava os bancos da igreja e ali eu dormia com meus irmãos. Assim que as luzes eram apagadas, os ratos vinham. Eu acordei varias madrugadas aos berros, com ratos em cima de mim. Eles mordiam minha boca e rasgavam o cobertor. Quando minha mãe acendia a luz, os ratos saiam correndo se esconder. Ela me acalmava, me fazia dormir de novo e apagava a luz novamente. E tudo se repetia. Era assim noite após noite. Cresci com medo de ratos e ate hoje não posso ver nem de longe que fico paralisada gritando de pavor.

Na sala de casa, naquele ‘fatidico dia do hamster’ eu gritava dizendo que aquele ‘rato tentando ser melhorado’ não ia ficar em casa de jeito nenhum, mas Paulo e Sara tentavam argumentar … É so um ratinho, mamãe! … e eu dizia … Um?! Eu vi dois! ( como se fizesse diferença se era umm dois ou tres … eu tinha pavor do mesmo jeito) e eles … Mas é tao bonitinho, mamãe …. e eu … É rato de qualquer jeito! Não quero isso aqui! E na ‘luta contra o rato melhorado’ eu acabei cedendo com uma condição … que aquela gaiola com aquele ‘ser potencialmente asqueroso’ não saísse jamais de dentro daquele armário quando eu estivesse em casa. Eles concordaram e eu passei a ir menos vezes ao quarto deles. Eu chegava no corredor e os chamava para a sala comigo. Entrar naquele mesmo ambiente onde ‘reinava’ um rato ? Jamais ! E assim foi por um tempo.

Certo dia, chegando da igreja já tarde da noite, entrei em casa e fui ao lavabo. Assim que abri a porta do lavabo, vi de relance um vulto pequenino e branco correndo para tras do vaso sanitário. Pulei e gritei, claro … sou mulher, eu posso gritar e pular de susto … (pelo menos essa vantagem nós as mulheres, temos) … dei trezentos milhões de passos para longe do lavado e disse aos berros … Aquele rato melhorado ta ali dentro! Alguem vai tirar aquele negocio de la, agoraaaa!!! Meus filhos foram correndo e tiveram um certo trabalho para conseguir resgatar o ‘bichinho de estimaçao’ , mas levaram e o colocaram de novo na gaiola. O pestinha havia roído uma parte da caixa de madeira e saído por uma fresta onde mal passaria uma formiga (exagerei o tamanho, mas tudo bem ). Depois desse dia, eu andava pela casa como se estivesse num campo minado. So faltava colocar aquelas roupas que os peritos usam quando vão desarmar uma bomba ou quando vão entrar em um ambiente de epidemia contagiosa. Claro, eu tinha que me proteger … vai que eu encontrava aquele ‘ser de outro planeta’ zanzando por ali ? Deus me livre e guarde !

Um belo dia, chegamos em casa novamente a noite e a gaiola estava na varanda. Eles haviam colocado a gaiola ali antes de sairmos, para o ‘precioso deles’ tomar um arzinho, coisa que eles so faziam quando eu não estava em casa, claro. Quando chegamos, eles foram direto ate a gaiola e surpresaaaaa … ela estava vazia. Foi o dia mais feliz da minha vida. Eu vi o quanto sou querida, amada, protegida, paparicada e mimada por Deus ….rs …rs … nunca mais se ouviu falar dos bichanos e os gatos que rondavam o nosso quintal, pareciam ter um ar assim do tipo bem satisfeito. Por isso eu também não gosto de gatos, porque eles se alimentam de ratos. Ecaaaaa !!! Ta vendo o que o pecado faz ? Cria seres que so servem pra assustar a gente … rs

Anúncios

Sobre Léia Miranda

Filha do Deus Altissimo, irmã dos meus irmãos em Cristo, mãe de muitos na Fé e uma simples mulher
Esse post foi publicado em Léia Miranda. Bookmark o link permanente.

17 respostas para Não fariam falta nenhuma

  1. sandra disse:

    amada paz q susto vc passou heim kkkkkkkkk nao vou nem contar o meu kkkkkkkkkkkkkk abraçaooooooooo para todos vcssss

  2. jessica disse:

    oi amei tudo isso bjs…

  3. Rosy Soares disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkk mto legal

  4. Joyce disse:

    Gostei muito desse texto… dei gargalhadas!
    Graças a Deus q ñ tenho tanto medo de rato assim, (Apesar de gritar quando vejo um) tenho medo de aranhaaa! Aí… terrível.

  5. Léia Miranda disse:

    …rs … ta ae mais um ‘bichano’ q surgiu por causa do pecado, ta vendo ? kkkkkkkkkkkk … eu morro de rir toda X q lembro do caso q me contaram …rs … tadinhos dos bichinhos horriveis e dos alimentos ruizinhos … rs … tudo pecaminoso …rs …rs …rs

  6. kkkkkkkkkkkkkkk, Eu tb odeio ratos, baratas, rãs, meu Deus quantos bichos horriveis existem neste mundo. Só Deus pode nos Salvar desses “bichos”: o ódio, a mágoa, o rancor, o desprezo, a contenda, o orgulho e outros mais que só saem no poder do Sangue de Jesus!
    A Paz do Senhor! e um Abrço Bem apertado…:) bjs

  7. Rafael disse:

    ” o dia mais feliz da minha vida ” kkkk
    Ri Demais!!!!!

  8. Ai como eu ri muito muito muito kkkkkkkkkkkkk
    AMEI essa…

  9. Uau… rsrs… ri, ri muito… nossa que trágico e feliz o fim dos benditos ratos. Ah, eu sou homem e detesto rato e outros bichos. Este “ratinhos melhorado” eles fazem pouco causo da nossa cara. São super abusados, fazem caras e bocas ergh. tinha um amigo que tinha “hamster, porquinho da índia”, e dois gatos da raça “Persas” super folgados. Eu chegava no Apartamento dele, aquele gato me olhava com um olhar assustador… Coragem aff. Eu tive um pet dog da raça Pastor Alemão. Também é só de cachorro que eu gosto, e depende a raça. Hj eu não tenho.

  10. alinerocha disse:

    muito boa sua esperiencia com bichanos , mas leve em conta que se não fosse um gato voce estava perdida mana hahahahahahah eu adoro gato , eo meu tem feito sucesso com as baratas e sapos aqui em casa por isso onde eu moro eu providencio um gato , Deus criou os gatos pra nos livrar desses bichos nogentos um grande abraço manqa Deus abençoe paz

  11. Léia Miranda disse:

    kkkkkkkk … se for olhar por esse lado, vc tem razao … gato existe pra dar um jeito nos ratos, msm assim eu nao consigo me simpatizar com esse bichano … rs … acho q eh trauma das historias de infancia, onde toda bruxa tinha um gato de estimaçao … rs …. abraço , mha kerida

  12. Peinha disse:

    rsrsrsrsrsrsrsrs…

    SUJEITO ENTRANDO EM UMA AGROPECUÁRIA.
    – Tem veneno pra rato?
    – Tem! Vai levar? – Pergunta o balconista.
    – Não, vou trazer os ratos pra comerem aqui!!!!!!

  13. Léia Miranda disse:

    kkkkkkkkkkkk ….. ri mto, Peinha … rs … rs

  14. selma grusinsky disse:

    kkkkkkkkkkk,bela hístoria!
    Eu tbm tinha um hamster mais ele fugiuu
    q dóoo rsrs…

  15. Anna Rocha disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

    Mtoooooo bommmm!!!! Eu tenho insectofobiaaaa…é horrivel!!! Não posso ver um insetooo que tenhooo uma criseee kkk :D
    Mas tirando a parte engraçada, não posso deixar passar em branco sobre a sua infância…
    Digo isso, pq mta gente gosta de falar mal da familia Miranda, mas não sabem o que vcs passaram para chegar até aqui…
    E isso me tocou bastante…é por isso que a Bíblia é bem claro quanto ao julgamento…Falar que vcs tem tudo e blá, blá é mto facil…mas não sabem das dificuldades que enfrentaram!

    Por isso louvo a Deus, pela vossas vidas!!! Pq Deus transformou o cativeiro e colocou um novo cantico em vossas bocas…é logicoo q passam por mtas pelejas, mas Deus tem exaltado essa familia para Honra e Glória do Nome dEle!

    Abraços,
    Anna Rocha- http://www.atelieannarocha.wordpress.com

  16. Léia Miranda disse:

    Amem ! E louvado seja o nome do Senhor por tudo. Tanto pelo sofrer qto pela bonança. Tanto pela penuria qto pela abundancia. Eh Deus o provedor de todas as coisas …. por isso, Glorias ao nome dele … sempre !

  17. André Braga disse:

    Nossa!! você escreve muito!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s