A grande aventura de dirigir

Eu tinha 16 anos quando aprendi a dirigir. Como foi? Vou contar.

Eu morava com minha mãe e meu irmão Daniel em uma cidade do interior do estado de São Paulo. Minha mãe alugou uma casa naquela cidade onde ficávamos de segunda a sexta feira e no fim de semana íamos de volta para São Paulo … então, na segunda feira voltávamos para esta cidadezinha. Ficamos nisso por quase um ano e foi nesse tempo que aprendi a dirigir. Foi na marra e eu vou contar os detalhes da grande aventura … rs

O Daniel que ainda cursava a sétima serie do ensino fundamental, precisou ir estudar em uma cidade vizinha, porque na cidade onde morávamos não havia mais vaga na única escola do local. Todos os dias minha mãe o levava e ia busca-lo de carro, percorrendo 16 km para ir e mais 16 km para voltar.

Certo dia minha mãe o levou e quando voltou para casa, foi lavar um tanque cheio de roupas ….. detalhe : calças jeans do Daniel, na maioria. Ela ficou nisso por umas duas horas; ao terminar ela foi se deitar um pouco, porque estava muito cansada e quando fosse a hora de ir buscar o Daniel, eu deveria chama-la. Entrei no quarto por volta das 17 h para chama-la, mas ela não conseguiu se levantar da cama. Estava com a coluna travada pelo esforço que fizera lavando um tanque cheio de roupas pesadas. Após tentar muito, ela me disse … Filha, não adianta, eu não consigo nem me levantar, não vou poder dirigir. Você vai ter que ir buscar seu irmão. Eu perguntei: Como, mãe?!  O único meio de ir ate la é de carro e eu não sei dirigir ! A cidade onde morávamos era tão pequena que so tinha um taxi. Eu liguei e me disseram que o taxi não estava disponível. E agora ? Ou eu ia , ou eu ia. Não tinha outra opção. Tudo que eu já tinha feito na vida fora tirar o carro da garagem saindo de ré e mais nada. Eu não sabia nem trocar a marcha do carro. Como eu ia pegar uma estrada e chegar na cidade vizinha ?? Sei la, mas fui assim mesmo.

A primeira marcha que troquei, não tirei o pé do acelerador … rs … pisei na embreagem para trocar a marcha e o carro foi parando, porque eu não conseguia engatar a segunda marcha … rs … sabe quando o carro esta parado em ponto morto e você pisa no acelerador ? Faz um ruído de aceleração, mas o carro não sai do lugar, ne … pois foi o que aconteceu … kkkkkk… tive que recomeçar. Fui saindo devagar, acelerei, troquei a marcha de primeira para segunda ( desta vez eu consegui  …ebaaa … rs …) e segui.  Ate chegar na saída da cidade eu não mudei mais a marcha. Ainda bem que era tudo descida … kkkkkk …… nem sei como virei as esquinas … rs … mas não troquei a marcha de jeito nenhum …rs … e la na saida da cidade, precisei de toda a coragem do mundo para entrar na pista. Minha sorte é que a estrada estava quase deserta. Assim que eu peguei a estrada e comecei a subir uma ladeira longa, alcancei um caminhão que ia bem lentamente. Segui atrás dele na subida a 20 ou 30 km por hora, mas eu não o ultrapassei … rs … e o medo ? … rs … Quando chegamos ao fim da subida, eu criei coragem e ultrapassei. Nem acreditei quando fiz isso ( !!! ) uau ! Eu já estava me achando A tal … rs… e fui em frente.

Era um carro grande e pesado aquele da minha mãe e eu me senti segura ali dentro. La ia eu, bela e formosa me sentindo A perita dentro do carro … já havia trocado as marchas … rs … ia a uns 60 km por hora quando olhei pelo retrovisor e vi um caminhão enorme vindo logo atrás. Ai meu Deus ! O que fazer ? Fui pro acostamento com o carro. Parei e esperei o caminhão passar. Ele passou movendo o ar de tao embalado e eu agradeci a Deus por ter saído para o acostamento …. kkkkkk …. assim que ele passou , eu voltei pra estrada e fui, troquei as marchas, agora na boa e fui acelerando aos poucos … consegui atingir 80 km por hora …. uhuuu !! Não havia nenhum outro carro à vista e eu fiquei alegre, mas minha alegria durou pouco … rs … porque logo veio outro caminhão. Novamente eu saí para o acostamento, mas desta vez eu não parei, so fui seguindo bem devagar pra ele poder passar. Voltei pra pista depois que ele passou e segui. Um trajeto que minha mãe fazia em 15 minutos , eu levei quase o dobro de tempo para percorrer … rs  quando cheguei em frente ao colégio, o Daniel estava sentado no meio fio, na calçada … já cansado de esperar, tadinho.

Ele me olhou assustado, porque sabia que eu não dirigia … olhou pela janela e falou : Leia ?! O que você esta fazendo com o carro da mãe ?? Eu expliquei mais ou menos o que tinha acontecido e saindo do carro eu disse pra ele levar de volta, porque ele já sabia dirigir a um tempinho. Quando dei a volta e me sentei no banco do carona foi que vi que minhas mãos estavam geladas, suando e tremendo … rs … rs … então o Daniel trouxe o carro de volta e eu vim contando o que tinha acontecido.

Quando chegamos de volta em casa sãos e salvos, minha mãe respirou aliviada. Eu contei para ela a minha grande aventura , ela riu e disse: Eu fiquei aqui orando pra Deus te guardar, minha filha. Me senti A piloto de formula Indy … kkkkkk … e depois desse dia, nunca mais parei.

Quem me conhece e já me viu dirigindo, sabe o quanto eu sou perita em pegar estrada hoje em dia e acelerar … pena que os radares não me permitam ir muito além dos 120 km por hora … e eu , como boa cidadã que sou, respeito os sinais de transito … todos eles … rs … rs … serio mesmo. So levo multa por passar a 89 km por hora em lugares onde a velocidade máxima é 80 km, mas poxa … ! Como a gente vai saber que esta 9 km a mais ??? kkkkkk …. o velocímetro do meu carro não eh digital não, gente ! E eu adoro velocidade, mas sou responsavel e prudente. Sei que os homens vão  ‘chiar’  mas eu dirijo melhor do que muitos deles por aí , garanto … rs … rs … E hoje em dia, passados quase 30 anos dessa minha aventura, ainda me lembro de tudo em detalhes. Realmente, a vida é feita de lembranças !

Anúncios

Sobre Léia Miranda

Filha do Deus Altissimo, irmã dos meus irmãos em Cristo, mãe de muitos na Fé e uma simples mulher
Esse post foi publicado em Léia Miranda. Bookmark o link permanente.

37 respostas para A grande aventura de dirigir

  1. Peinha disse:

    Nossa!!! que maneiro …me diverti lendo sua história aos 16 anos no volante, menina corajosa ein? pensava que só eu q havia feito loucuras quando estava aprendendo a dirigir, mas pelo visto vc bateu o récorde,rs….um pouco da minha história foi naquele fusquinha amarelo não sei se vc lembra, ia na sede com ele inclusive usei o mesmo para ir ao shoping do Rio sul com as meninas do “grupo adoração” para comprar o sapato para o primeiro evento com o uniforme amarelo Ô fusquinha valente!!! parecia coração de mãe sempre cabia mais um…rsrsrsrrsrsrs….

  2. Léia Miranda disse:

    kkkkkkkk … me lembro sim, amiga ! De longe eu observava e admirava sua coragem … rs … q sdd dakela epoca … !!!

  3. Peinha disse:

    Eu tbm!!! como era bom… mas me sinto feliz porque apesar da distância a amizade continua…

  4. Leonardo Mello disse:

    …..KKkKkKlk Leia atropelo um gato ali outra la mais aprendeu n?h Leia!?!! Sai da frente qi a Leia ta passando…..kkkkk misericordia desculpa Leia.. mais mulher no volante da medo kkk

  5. Adriana Lopes disse:

    Me rachei de rir com a sua historia foi muito engraçada ! Você foi muito corajosa. Lembra guando perdi o controle do carro na perimetal estavamos vindo do consagração de sábado e você me ajudou, eu era nova na direção e pensei que nunca mais teria coragem pra dirigir mas venci a incegurança.tempinho bom sinto saudades de você minha querida. Beijokas!!!

  6. Léia Miranda disse:

    kkkkkk … eu lembro do dia q vc me viu no carro ao lado , la na linha amarela e eskeceu-se q estava dirigindo … o transito tava indo bem lentamente e vc bateu no carro da frente … kkkkkkkkkk …. ai q sdd de ti, meninaaaaaa !!!!

  7. Léia Miranda disse:

    eu sabia q os homens iam ficar chiando , Leonardo …. rs…. so pq eu disse q dirijo melhor do q muitos deles por ae, ne … kkkkkkkkkk …. vc ja vem falando q eu atropelei nao sei kem …. rs … nunca atropelei nem caixa de papelao , ta …. rs … rs

  8. kkkkkkkkkkkk… Só você mesma! Você ja dirigiu no exterior né? qual é a sensação?

  9. John Ribeiro disse:

    que legal,kkkkkkkkk gostei =)

  10. leia achei muito engraçado a sua aventura.
    bjs!

  11. Joyce disse:

    Ri muito! Sou louca por carro, quero aprender a dirigirrr! Tenho 18, nunca toquei num volante, estou atrasada.

  12. Leonardo disse:

    leia eu disse que apesa da mah fama das mulheres no volante kkk vocês são super cuidadosa no volante e tbm um charme kkkkk axo q me redime né kk

  13. cleusa matos disse:

    isso ai leia os homens pensam , que só eles são bons no transito, o meu esposo reconhece que sou mais prudente no transito que ele, mais mesmo assim não se da ao caprichu d andar comigo na minha rapoza branca…kkkkk bom d+

  14. Ricardo Galvão disse:

    Esta historia vc me fez lambra de outra vc lembra Léia da furiosinha que lugar de criança e no banco de tras!! rsrsrs

  15. Léia Miranda disse:

    ta perdoado , Leonardo … rs

  16. Léia Miranda disse:

    ja dirigi la no exterior sim, Anderson ….. na europa eles sao bem velozes … nos estados unidos eles sao lerdinhos … rs … e na maioria dos paises da America do Sul, o transito eh bem confuso … uma mistura de Sampa com Rio … rs … a sensaçao de dirigir fora do nosso país eh assim tipo … ‘tenho q ter mais cautela’ … eu pelo menos, nunca fiz nenhuma barberagem … rs

  17. cantor wanderson sp disse:

    Q AVENTURA!!!!

  18. Márcia Francisca Godoy disse:

    Menina corajosa ainda bem que não era esse transito louco dos dias de hoje, com inúmeros acidentes que vemos diariamente no noticiário Deus cuidou de você nessa aventura perigosa.

  19. Leonardo disse:

    ufa valew ….kkkk espero qi vcs nao inventem de pilota avião tbm kkk

  20. Léia Miranda disse:

    tem mulher piloto de aviao q eu ja vi , Leonardo … mas eu nao me atrevo

  21. Leonardo disse:

    Qui Legal !!!!!

  22. Felizchat disse:

    ”gostaria de ver á Léia pegando um transito na India…kkkk aquilo deve ser uma maravilha rs

  23. Léia Miranda disse:

    eu nao me atrevo a tanto , Leonardo … rs … deuzulivre !

  24. Luciene G.da S.Pereira disse:

    Léia amei sua aventura,queria ser assim corajosa em aventuras mas sou medrosa…principalmente em carro pois ja tive acidente em carona então não esqueci mas este mes irei tirar minha carta se Deus quiser e vou conseguir qm sabe esse medo de dirigir eu esqueça…tudo de bom p/vc e sua familia…amo vc.

  25. Damiana disse:

    Oi, Léia continue sempre assim corajosa! Adorei a tua história. Bjs !!!

  26. rosileni disse:

    nossa léia gostei muito da sua história queria eu ter essa coragem que vc teve
    pois eu tenho medo só de estar dentro do carro no transito imagina dirigindo rsrsrsrs
    bjs

  27. OLá Leia adorei sua experiência sempre e bom relembra as coisas boa da nossa infância..rsrs..um grande abraço..a paz.

  28. Vad Azevedo disse:

    Genteeee…. ela aprendeu direitinho viu?! Ela dirige muuuito bem!!! Eu já tive a oportunidade de dar umas voltinhas com a Léia e a-do-rei. Pensa numa gatona pilotando uma nave especial?rs…

    Adorei essa estória!
    Bjs…

  29. Genuino disse:

    poxa léia vc é uma pessoa determinada aprendeu que só se perde o medo encarando ele de frente, rsrsrs eu ja vivi episódio semelhante no caso das machas quando comprei meu 1º carro eu só andava na segunda tbm ( rsrsrs) aos poucos fui me soltando. Deus abençoe vc é uma serva de Deus iluminada .

  30. curtir a sua experiência no volante do carro, hipótese alguma você não sentiu medo na hora de dirigir o carro da sua mãe? mas que bom que saiu bem, quando a sua mãe orou por você na hora que você dirigiu o carro.

  31. Léia Miranda disse:

    medo eu senti sim e muito … rs … mas ou eu ia ou eu ia , nao tinha outra opçao …. entao eu fui … rs

  32. Hahahaha, aventura bem legal mais perigosa! Sorte que sua mãe estava orando por vc.

  33. Delmar disse:

    e voce tirou sua carta os 18 anos msmo ou ainda demorou?

  34. Léia Miranda disse:

    tentei e nao consegui, mas logo em seguida tentei de novo ….. hoje tenho minha habilitaçao e nem tenho medo de pegar estrada, mais …. rs …. ate gosto de dirigir na estrada e nao fikei com nenhum trauma. Adoro velocidade, mas sou prudente. Confio em Deus e vou.

  35. Parabens coragem unica!

  36. Patricia disse:

    Me divirto e me edifico muito com suas historias. Acompanho essa familia desde quando aceitei Jesus nesse ministérios, há muitos anos atrás, hoje não pertenço mais esse ministério, mas guardo os ensinamentos e a doutrina no meu coração.

  37. ANTONIA JOSIENE PEREIRA DA SILVA XAVIER disse:

    KKKKKK..RI MUITO POR VOCÊ TER ANDADO DESSE TANTO NA MESMA MARCHA! EU TIREI A HABILITAÇÃO AGORA. MAS PORQUÊ SERÁ QUE OS HOMENS TEM TANTO PRECONCEITO COM MULHER NO VOLANTE? E DIFICILMENTE ACONTECE ACIDENTE COM MULHER NO VOLANTE. CONCORDA? KKKKK.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s