Balanço Anual

Após muito tempo sem escrever nada para o blog, decidi vir fazer um balanço anual do meu trajeto de vida neste ano que se encerra

Ok, sei que esse negocio de balanço anual é linguagem de contador para vistoria de livro caixa de uma empresa e etc e tal ….. mas tambem posso dizer que vim fazer um balanço anual porque na minha vida, neste ano de 2015 houve perdas e ganhos, então o termo cabe muito bem … rs

Enfim, comecei o ano perdendo. Perdi meu pai …. snif snif

Mas logo em seguida ganhei um momento de alegria. Quando voltei para a Igreja onde nasci …. feliz feliz !

Alguns meses depois, perdi novamente. Pessoas amigas de longa data faleceram …. snif snif

E ….. algumas semanas depois, tornei a ganhar momentos de alegria. Quando vi o resultado do meu trabalho na Obra de Deus ….. feliz feliz !

Então vieram tragedias nacionais e internacionais. A humanidade toda perdeu …. snif snif

Porem, em meio a toda a crise, guerras civis, revoltas populares, governos IMpopulares, fome, mortandade e outras desgraças mais, houve momentos de comunhão plena com Deus nos quais pude sentir e perceber o cuidado que o Senhor tem para com o Seu povo

Mais uma vez foi ….. snif snif para logo em seguida ser ….. feliz feliz !

Para resumir, colocando na ponta do lapis todas as perdas e ganhos do ano de 2015, estou terminando este ano com lucro

Meu lucro são ….. as vitorias nas lutas diarias, as alegrias apos as tristezas ….. sentir, ver e ouvir Deus em meio ao turbilhao de problemas que assolaram o mundo, poder cantar apos haver chorado, ter ganho almas para o Reino Celestial apos haver perdido amigos queridos e o mais importante deste ano para mim ….. ter sido recebida com tanto carinho pelas pessoas que me amam de verdade na Igreja onde nasci e cresci, apos ter tido uma perda irreparavel ( meu paizinho que dorme no Senhor )

A saudade do meu pai ainda bate forte. Eu tento suplantar. Meus olhos se enchem de lagrimas, as vezes as deixo cair …. as vezes pisco varias vezes e elas se vão

Nunca mais ninguem me chamou de Leléca e disse …. “Melhor agora que estou falando com a minha Leléca!”

Mas tudo bem, o abraço de Deus, o colo do Senhor tem me confortado

E com tudo isso eu vejo que estou saindo no lucro ….. um lucro enoooorme, um lucro sem preço que possa ser calculado, mas um lucro mais valioso do que ouro ou diamante

Voltei a cantar com a minha irmã Débora ( o que mais senti falta nesses anos que fiquei fora ) e comecei a cantar com meu irmão David ( um projeto desejoso e antigo do meu coraçao ) ….. e estou fazendo a obra de Deus com muito mais empenho e determinaçao

Por fim eu termino dizendo ….. os anos passam, os dias se vão MAS AS MISERICORDIAS DO SENHOR NAO CESSAM !!!

Leia Novembro 2015 BLOG Balanco Anual

LOUVADO SEJA DEUS POR TUDO ! ( perdas e ganhos sempre teremos, mas para quem esta em Cristo, os lucros sempre serão em muito maior quantidade )

Que tal fazer seu balanço anual ?

Que tal fazer hoje ?

Se você estiver no prejuizo, ainda da tempo de cultivar a fé no Senhor para alcançar coisas tão tremendas que no dia 31 de dezembro você vai acabar dizendo ….. LOUVADO SEJA DEUS POR TUDO !

No balanço anual da minha vida, meu lucro veio SEMPRE do Senhor meu Deus

É ELE quem enche minha vida de ganhos ….. em vitorias e alegrias !

 

 

Anúncios
Publicado em Léia Miranda | 29 Comentários

Viva a Tecnologia ! :)

REDE SOCIAL e CONTATOS

BLOG
http://www.leiamiranda.com

FACEBOOK
http://www.facebook.com/LeiaMirandaFanPage

image

TWITTER
http://www.twitter.com/Leia_Miranda

INSTAGRAM
@leiamirandaoficial
.

EMAIL
leiamirandaoficial@gmail.com

Publicado em Léia Miranda | 5 Comentários

Meu aniversario

Hoje é meu aniversário.
Um dia normal, como outro qualquer, mas diferente …..porque amigos queridos me dizem palavras carinhosas de amor sincero e de amizade leal.
Os sorrisos chegam em maior quantidade , os abraços me tocam de modo mais emocionante e os apertos de mão são mais demorados.
Meu coração se alegra.
Então penso ….. ‘ É tão bom tudo isso ! ‘
Faz um bem enorme ter estes momentos de alegria em amizade e amor, no meio de tanto trabalho, tanta luta, tanta correria do dia a dia.
Este ano, particularmente, começou bem difícil.
Em janeiro minha mãe levou uma queda e se machucou feio. Teve que operar o braço. Logo em seguida, em fevereiro, meu pai faleceu. Três meses depois meu filho, Filipe, caiu enfermo e era bem grave. Temi pela vida dele. E como se não bastasse , eu mesma passei três semanas acamada, logo em seguida.
Tanta luta ….!
Mas o que importa é que estou de pé e vitoriosa.
Sei que mais lutas virão, mas nem ligo ….conheço o Deus a quem sirvo e sei que ELE é sempre vitorioso em todas as batalhas. O Senhor luta a minha guerra por mim, então eu fico em paz e sigo confiante.
Agradeço a cada um que ora por mim todos os dias. Esta é a maior prova de amor que vocês podem me oferecer e o melhor presente que poderiam me dar. Não tenho palavras para agradecer mas peço a Deus que guarde e proteja cada um de vocês.

A vida é linda ! Viver é precioso !

Então eu digo hoje, no dia do meu aniversário ….. Mais um ano para agradecer a Deus. Obrigada por tudo, Senhor !

image

Publicado em Léia Miranda | 34 Comentários

Oração em depósito

Há certas fases na vida da gente em que ondas imensas de lutas terríveis se levantam para nos derrubar.

Eu já estou acostumada com lutas e percebo quando uma onda vem mais forte, porque envolve BATALHA FISICA, EMOCIONAL e ESPIRITUAL.

Nesses momentos, as orações brotam dos nossos corações a todo momento e qualquer instante é uma oportunidade de orar. Mas a dor é tão grande que as palavras não saem.

Na semana passada, quando eu estava voltando de São Paulo para minha casa no Rio de Janeiro, tive o privilégio de me sentar sozinha em uma das fileiras do avião pois todos os assentos daquela fila estavam desocupados.

Sempre tenho algo pra ler durante as viagens e nesse dia, assim que peguei o livro para ler, senti vontade de orar. Deixei o livro de lado, voltei meu rosto pra janela do avião e comecei a conversar com Deus.

No decorrer de todo o vôo, eu vim orando, conversando com ELE. Foram 40 minutos de uma comunhão tão íntima com o Senhor, através do Espírito Santo, que lágrimas escorriam pelo meu rosto e eu nem me incomodava em enxuga – las. Não havia ninguém pra ficar me olhando com curiosidade. Eu estava sozinha naquela fileira de assentos.

Então orei, chorei, me alegrei, glorifiquei baixinho o nome do Senhor.

Quando o avião aterrissou, eu parecia voar ainda ….. meus pés flutuavam acima do chão. Senti a presença do Senhor durante o restante daquele dia e ainda nos dias seguintes, de modo mais intenso que o normal.

Logo depois , meu filho Filipe ficou gravemente enfermo e dois dias depois, eu mesma estava de cama, além de outras lutas que vieram junto nessa batalha.

Então, me lembrei de algo que minha avó Anália* sempre dizia ….. “Precisamos ter oração em depósito, pra quando chegar a luta. Porque as vezes, durante a batalha, não conseguimos orar como convém.”

Eu soube naquele momento da batalha, o porquê de ter sentido que Deus havia me despertado para a oração dentro daquele avião no vôo de volta para a minha casa. Porque ELE sabia que dali a alguns dias o inimigo iria se levantar com fúria contra meu lar, envolvendo meus filhos e a mim numa situação de enfermidade e discórdia.

Mas graças a Deus por tudo , pois o Senhor está comigo nessa batalha e as minhas orações estão em depósito.

image

Tomem isso como exemplo e uma lição a ser aprendida ….. Orem bastante enquanto o mar está calmo, porque vindo a tempestade , vocês terão oração em depósito diante de Deus.

Não deixem para orar somente quando a luta chegar porque nem sempre vocês terão forças para isso. Então, se fortifiquem agora para o momento da batalha.

Tenham oração em depósito.

( * ANÁLIA foi a mãe do meu saudoso paizinho , missionário David Miranda )

Publicado em Léia Miranda | 31 Comentários

Horario de visitas

Limpando a agenda de contatos do meu celular dia desses atrás, deparei com o numero de telefone do meu pai.

Cliquei em excluir …..e chorei.

Doeu ter que fazer isso!
A saudade voltou com força total.

Tantas lembranças …!

Quase consegui ouvir a voz dele quando me ligava ou quando eu ligava pra ele e perguntava :

image

‘Tudo bem, pai?’ e ele respondia: “Melhor agora, falando com a minha Leléca.”

Oh, Deus!

Deveria haver horário de visitas no céu …..snif …..ia ser tão bom …!

A gente chegaria lá, veria as pessoas que já partiram e que continuamos amando. Passaríamos horas com eles, depois a gente voltava pra ficar com os que ainda estão vivos aqui e que amamos também.

Não ia ser perfeito?

Mas eu não deixaria minha mãe ir visitar meu pai lá no céu, não …..vai que ela não quisesse mais voltar?
Não! Minha mãezinha estaria proibida de ir visitar meu pai lá no céu …..rs

Aaahh, se houvesse horário de visitas no céu …!

Eu não iria mais chorar de saudade dos meus entes queridos que já morreram, eu iria aproveitar pra conhecer Moisés e tantos outros valentes de Deus, conversar com as santas mulheres do passado que a Bíblia Sagrada relata que marcaram a historia e também iria beijar meus filhinhos que nem chegaram a nascer …..snif

Mas não podemos , né …..snif …..somos mortais no corpo, imperfeitos na matéria física, se fôssemos lá assim como estamos no corpo mortal, acabariamos contaminando o céu.

E lá só entra quem foi remido e lavado no sangue do cordeiro que não ama o mundo nem o que há no mundo. Que serve a Deus com todo amor da alma, da mente e do coração.

Já que não posso ir visitar meu paizinho lá no céu para matar a saudade imensa que sinto dele, vou caminhando com Cristo, procurando atingir a estatura completa de Jesus.

Amando a Deus, fazendo o bem e santificando minha vida …..um dia eu verei meu paizinho e todos os demais que almejo ver.

Mas quando eu chegar lá, o primeiro que vou querer ver , será o meu amado Pai Celestial …..o meu Deus.

Isso conforta meu coração. Saber que um dia eu também estarei lá pra não voltar nuunca maaais

Oro pra que Deus salve meus filhos e todos os meus familiares, porque vou querer todos lá no céu comigo.

Enquanto me preparo aqui, vocês vão se preparando aí pra gente poder se ver lá no céu. Combinado?

Quem chegar lá primeiro, já deixa avisado que os outros estão indo também …..rs …..logo logo a gente chega.

Espera, pai ! Tô chegando !

Enquanto não sou chamada para ir pra lá, vou me lembrando de tudo que meu pai me ensinou …..os bons costumes, a generosidade, o amor para com as almas que perecem, o temor a Deus, a alegria em servir ao Senhor, o cuidado com os filhos e a proteção no dia a dia …..mas principalmente , vou colocando em pratica algo que ele fazia tão bem e fazia de maneira constante …..orar.

Enquanto espero pelo grande dia do Senhor, vou orando e seguindo …..seguindo e orando.

Quero ser igual ao meu pai …..ter momentos constantes de contato com Deus em oração. Isso ele me ensinou pelo exemplo …..isso eu aprendi por amor : amor a Deus e ao meu pai.

Eu queria que houvesse horário de visitas no céu …..como não tem, fico aqui, imitando meu pai e tentando fazer o que ele sempre fez …..assim, quem sabe, consigo diminuir a saudade e sentir um pouco menos, a falta que ele me faz.

Amarei eternamente meu paizinho caminheiro …!

Publicado em Léia Miranda | 44 Comentários

Não sou, mas devia

Outro dia li uma frase que dizia: “Eu não sou os outros”

Num primeiro momento ate achei interessante e bonita ….. me lembrei da minha mãe me dando bronca quando eu pedia pra ir a algum lugar e dizia : ‘Deixa, mãe … todo mundo vai ‘ e ela respondia : ” Você não é todo mundo”  …..rs ….. tadinha de mim, ficava só na vontade.

Pois bem, quando vi essa frase, achei que ate merecia ser compartilhada e salvei no meu celular pra postar no meu Facebook mais tarde. Porem, a cada vez que eu lia aquela frase, algo me dizia que alguma coisa estava errada ali. Eu não entendia e lia, lia, lia …..e continuava achando bonita e continuava achando interessante , mas não me convencia totalmente de que deveria compartilhar aquilo.

Semanas se passaram e eu acabei esquecendo a frase. Até que um dia fui limpar o arquivo de documentos no meu celular e lá estava a frase. Assim que bati os olhos nela e li a frase ‘eu não sou os outros’ …..uma voz no meu interior disse: MAS DEVIA SER !

Levei ate um susto.

Imediatamente ficou claro na minha mente o que estava errado naquela frase. Eu não sou os outros, mas devia ser ! Porque somente sendo o outro , me colocando no lugar do outro, eu posso sentir a dor do meu semelhante e compreender o seu pranto, o seu pedido de socorro. Somente me tornando um com o outro em Cristo Jesus, eu posso amar em verdade porque sentirei o que o outro sente e sofrerei o que o outro sofre e compreenderei como o outro vê a situação, o problema, a dificuldade.

desesperoEste é um dos grandes  problemas no mundo atual …..o individualismo. As pessoas lutam tanto e com tão grande afinco para defender cada um sua própria  individualidade que acabam por desenvolver um egoísmo sem tamanho que os torna insensíveis ao clamor das pessoas que sofrem, se tornam surdos ao grito dos que precisam de ajuda, se tornam cegos para com as necessidades dos que estão sendo esmagados pela dor. A dor na alma, a dor fisica , a dor psicológica e ate a dor emocional.

Caminhando assim , para onde iremos ? O que será de cada um de nós ? Cada qual envolvido em seus próprios problemas , julgando ter uma vida mais difícil do que a vida dos outros, achando que tem mais trabalho do que o outro, pensando que precisa lutar mais do que o outro para ser alguem um dia. Supervalorizando a si mesmo.

Ao invés de se abrir para o mundo, se fecha na sua caixinha de vida pobre, miserável, cega e surda. Uma vida que não acrescenta nada, uma vida que tira e não adiciona, uma vida que rouba e não soma.

E assim, cada um em sua caixinha vai seguindo …..sendo cada vez mais diferente de Jesus, cada vez mais diferente do projeto original de Deus para o ser humano.

Que triste !

Somente sendo o outro, se pode modificar completamente esse quadro terrivel de um futuro tenebroso para a humanidade. Somente me colocando no lugar do outro, conseguirei agir como Jesus agiu e conseguirei amar como Deus nos amou e conseguirei compreender o porque das questões e situações na vida das outras pessoas.

Difícil ? Talvez …..mas quem disse que pra chegar ao céu, o caminho seria fácil ?

Eu não sou os outros, mas devia ser.

Pense nisso.

Publicado em Léia Miranda | 23 Comentários

Lembranças

Hoje acordei pensando muito no meu pai …..com muita saudade.

Me lembrei das ultimas vezes que estive com ele antes do seu falecimento.

Minha mãe faz aniversario em dezembro e no final de 2014 resolvemos reunir filhos, genro, nora e netos pra comemorar. Havia já uns dois ou três anos que a gente não conseguia reunir todo mundo. Mas eu comecei a organizar com antecedência e saí telefonando e mandando mensagem pra todo mundo. Fiz a intimação de presença sem aceitar recusas …rs

E agora percebo que foi ótimo isso ter acontecido, porque foi um momento de muita alegria, com muitos mimos e risadas.

Fiz uma surpresa extra para minha mãe e dei um presente pequenininho embalado em uma caixa gigantesca. Ela abriu a primeira caixa, tinha a segunda. Abriu a segunda caixa, tinha a terceira. Abriu a terceira, tinha a quarta e assim por diante. Foram umas 15 ou 18 caixas uma dentro da outra ate chegar ao presentinho minúsculo.

Meu pai, que nunca tinha visto esse tipo de brincadeira, riu muito. Riu de chorar. A cada nova caixa que minha mãe abria, meu pai gargalhava. E a risada do meu pai sempre foi silenciosa. Do tipo …..você só sabia que ele estava rindo se olhasse pra ele. O corpo sacudindo todo , a boca mostrando todos os dentes e a lagrima caindo ……rindo de chorar.

Ah, como foi bom ter proporcionado esse momento a ele …! Um homem sempre tão ocupado, tão preocupado com a igreja, quase não tinha tempo nem pra rir, que dirá pra chorar de rir. Então, nisso fico feliz …..porque fui a ‘culpada’ por esse momento de alegria pra ele.

Em janeiro eu tornei a ver meu pai, num momento de pouca alegria , porem , de paz e tranquilidade. Ele comeu o meu prato de comida, porque eu não quis e ele estava com fome, tadinho, já passava das 19 horas. Ofereci meu prato a ele com todo amor e ele aceitou. Fiquei conversando com ele e com minha mãe enquanto eles jantavam. Até que chegou o momento de ir pro aeroporto. Eu moro no Rio de Janeiro e eles, em São Paulo. Então, não tínhamos um contato pessoal diário, mas sempre nos falávamos por telefone e quando eu estava perto dele , aproveitava ao maximo cada instante.

E agora que só as lembranças ficaram, eu sigo em paz, na certeza de que mesmo não sendo a filha perfeita, fui aquela que trouxe o riso a ele muitas e muitas vezes …..isso alegra meu coração.

image

Publicado em Léia Miranda | 80 Comentários